Portugues

Modelo de Harmonização

Por enquanto ainda não temos resposta validada na experiência e oferecemos apenas uma nova perspectiva de integração do maior bem de todos, na intenção verdadeira, individual e comunitária e sua realização, ainda a ser expandida e verificada individualmente por experiência própria. Sugestões verdadeiras são bem vindas.

O modelo de harmonização é um modelo que facilita e potencializa a probabilidade de harmonização em todos os aspectos e perspectivas. O modelo resume a complexidade dos aspectos relacionados à harmonização e a sua essência. Assim, o modelo serve de mapa para se orientar, deixando a cada indivíduo a liberdade de encontrar seu caminho individual e ao mesmo tempo respeitar a mesma liberdade de todos os envolvidos. Esse modelo é nossa primeira contribuição para humanidade.

Compreende-se este modelo como conceito celular de responsabilidade de dentro para fora e pode ser aplicado tanto individualmente como para um conjunto de indivíduos com uma intenção compartilhada.

O fundamento do modelo é a responsabilidade e liberdade de dentro para fora de cada indivíduo sobre sua própria energia vital seguindo a sua felicidade, respeitando a mesma responsabilidade pessoal e liberdade individual dos outros. A Intenção é a facilitação e realização do aprendizado da harmonização e da prosperidade proporcional à responsabilidade pessoal e intenção verdadeira, tanto individual como comunitária, facilitada principalmente pela transparência das responsabilidades assumidas pessoalmente e as liberdades contribuídas no contexto. O modelo de harmonização cria transparência da intenção verdadeira, das responsabilidades e a eventual interferência energética ou desrespeito de liberdades ou responsabilidade da energia vital dos outros.

Por definição, a harmonização é um processo de transparência, "encaixe" e respeito das responsabilidades e liberdades nas nossas relações individuais e no aprendizado da nossa experiência humana. A intenção do modelo da harmonização é de aumentar gradualmente a liberdade e sincronia do fluxo energético entre todos os envolvidos para facilitar a realização das responsabilidades individuais. No contexto do modelo de harmonização cada redução da liberdade é considerada como interferência e cada indivíduo assume a capacidade de mínima interferência na liberdade dos outros para realizar a sua responsabilidade.

O modelo de harmonização se baseia nos seguintes princípos fundamentais:

1. Assumir responsabilidade

Assumir responsabilidade quer dizer "sou causa", encontro soluções.

De dentro para fora, a responsabilidade por si mesmo é assumir pessoalmente o reinado de todas suas capacidades para direcionar nossa própria energia vital para aquilo que preferimos, respeitando a responsabilidade e liberdade do outro.

Usando esta capacidade conscientemente, aumentamos a probabilidade de causar os efeitos preferidos respeitando o espaço de responsabilidade e liberdade pessoal do outro. Este é o motor do modelo de harmonização e necessita não mais do que uma decisão. A partir deste instante a harmonização é iniciada e aprendemos a responder com mais consciência.

2. De dentro para fora

Depois de iniciar o processo, assumindo toda responsabilidade por si mesmo, a harmonização necessita clareza da intenção.

A intenção é aonde queremos que a nossa energia vital flua. Cada intenção separa a nossa perspectiva naquilo que queremos e aquilo que não queremos. Decidindo qual intenção tem prioridade a cada instante é o fundamento da harmonização.

Assumir responsabilidade de transmutar interferências emocionais (julgamentos) surgidos de nosso inconsciente é o processo de harmonização de dentro. Cada julgamento é uma oportunidade.

Assumir a capacidade de transmutar interferências nas relações e situações é o processo de harmonização para fora.

3. Respeito das liberdades e mínima interferência

Assim como nós temos o nosso caminho individual de aprendizado e a liberdade de escolher as nossas preferências, do mesmo jeito, respeitamos a mesma liberdade do caminho individual de aprendizados e preferências de todos os outros, interferindo o mínimo possível nestes.

Por interferência entendemos tudo que diminui a liberdade e desvia a energia vital em relação a esta intenção individual.

4. Aprendizado

O processo de harmonização é um processo constante, o caminho é individual, por definição e o modelo apresenta apenas um mapa para se orientar. Todo o resto é aprendizado.

Tags:

Imprimir Email